1 de fevereiro de 2014

Ao acaso, a brisa sopra.






"E o desejo rápido
desse mais antigo instante,
mais leve.

E a fuga invisível
do amargo passante,
mais leve." 


Cecília Meireles

Um comentário:

  1. Que o amargo se vá mesmo!
    Cecília sabia das coisas!

    Um beijo,

    http://www.algumasobservacoes.com/

    ResponderExcluir