14 de agosto de 2014

A descoberta do ser


imagem por Loui Jover

Em qual vida fajuta ela se encaixa?
Em qual quebra-cabeça a peça avulsa se encaixa?
Ela é uma C.O.L.A.G.E.M.* ?
Ela é viajante do futuro
que vaga por tempos distintos
provando valentia inútil
enquanto no fim da linha é assassinada
pela realidade?
Então quem mata não é vilão?
é vida?

* fragmentos figurativos unidos num propósito único: criar um ser que aparente valer a pena.


Nenhum comentário:

Postar um comentário