13 de julho de 2013

Drenagem






Meus olhos estão pesados. 
Ainda há muita dor travando a visão. 
E existe muita dor de ocasiões que ainda virão 
à procura do globo ocular torto pelo peso. 
Fechar os olhos não resolve. 
Os lábios percebem-se secos 
porque toda umidade resolveu sair por um único canal 
Canal manchado 
(La Manche) 
de vermelho e branco 
castanho embaçado. 
Sobe como vapor 
E lateja minhas têmporas 
E pesa os olhos 
E pesa o coração 
E cansa o sorriso falso. 


6 comentários:

  1. Caracas!
    Se vc tivesse mandado este poema para um concurso, teria ganhado!
    É o melhor seu que li até agora!
    Amei mesmo!

    Beijokas,

    http://algumasobservacoes.blogspot.com.br/
    http://escritoshumanos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz que tenha gostado! muito obrigada pelo comentário!

      Excluir
  2. Pensamento positivo sempre amiga!! Fica com deus,tem um bom restinho de semana,aproveita e relaxa ao som de boa musica,este é só um exemplo de como podes ser feliz. Mil beijinhos!! http://pontodecruzdamafalda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Mafalda! Maravilhoso fim de semana pra você também!

      Excluir