30 de abril de 2013

Poema sem nome






Enquanto ser ou não ser for a questão,
o cupido erra seu coração
o ciclista amigo lhe acena com a mão
você atravessa a rua na contra mão
depois perde a direção
e volta a viver triste por tal falta de opção.




4 comentários:

  1. Eeeeeeeeeeee !! Escondendo o jogo né...Olha só ! hehe Eu GOSTEI !!!

    ResponderExcluir
  2. Tão real,
    tão lindo!
    parece banal
    - e ao mesmo tempo divertido -
    mas essa é a realidade,
    de quem vive de verdade! :D

    Um beijo,

    http://algumasobservacoes.blogspot.com/
    http://escritoshumanos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nossa! tô lidando com gente gabaritada! lindoo mesmo! de verdade!
      beijo grande!

      Excluir